Mate a sua “sede” de grave com a Thirst!

É verdade, nos últimos anos ritmos como Hip-Hop, Trap e Funk estiveram em alta e fizeram a alegria de muitos apreciadores de Bass Music. Principalmente na capital carioca diversas festas foram fundadas nessa linha e enriqueceram a cena com um público cada vez mais fiel. Mas o tempo passa e surge a demanda por coisas novas, outras experiências sonoras, chega a hora de como diziam antigamente “virar o disco”.

Leia Também:

Com o faro aguçado alguns produtores da cidade maravilhosa não deixaram de perceber essa necessidade. É assim que conta o DJ e produtor Rodrigo S. Pinheiro, um dos fundadores da lendária festa Wobble, e que em parceria com DJ Iyffe, também conhecido pelo seu projeto Alex Mind, tiveram a ideia de criar a festa. Para se juntar a eles o DJ Johnny Glövez foi convidado para compor o time de residentes da festa.

O momento não podia ser mais oportuno: com a chegada do verão em uma das cidades mais quentes do Brasil a festa surge enquanto uma das melhores opções para as noites quentes. Além disso, o fim da festa Wobble deixou diversos fãs da cena sedentos de música eletrônica de qualidade. Não é à toa o nome da festa “Thirst” que significa sede e que traz como conceito a ideia de matar sua sede de Bass! Assim, além do nosso Trap de cada dia a festa pretende abraçar estilos menos contemplados nas festas atuais, mas que são igualmente comoventes, como Break Beat, Bass House, Moombahton, Dubstep e toda gama de sonoridades que partilham do grave.

Mas não é só isso. A festa acontece em um dos espaços de eventos mais interessantes do Rio, o Éden. A casa recebeu na última semana uma nova aparelhagem de som da marca Pure Groove Systems: as caixas de som planejadas por ninguém mais ninguém menos do que Tom Danley, pesquisador de eletroacústica da NASA. Então além de música de qualidade a Thirst promete o melhor Sound System em um Club carioca. E não para por aí: com mais de uma pista de música, a primeira edição da festa vai contar com a presença dos jovens e talentosos produtores da BRUK (Broken Beats). A BRUK é um coletivo que desde 2015 vem realizando collabs e reunindo um tanto de produtores talentosos como Ruxell, Atman, Bad Sista, Diniboy, Two Kpz, Evehine, Carlos, Sansai, Pep, Zucco e etc.

Thirst-evento

Então suas dúvidas do que fazer nessa sexta 13 acabaram: Festa Thirst lá no Éden, localizado na Rua Sacadura Cabral, 109, Saúde/Centro. Os ingressos estão a venda por R$ 20,00 aqui OU se você procurar saber pode encontrar ingressos com os promoters por apenas R$ 10,00! Mas se você quer moleza mesmo faz assim: chega até as 00:30 que a entrada é VIP, é 0800, é só colocar o nome na listinha do evento que você encontra aqui.

Vida próspera à festa Thirst, que o Bass nos abençoe.

 

Quer saber mais sobre o mundo Bass Music?
Procure o SoLow Bass: Facebook -> Instagram -> YouTube -> Twitter

Comments

Comments